Skip to main content
Match Analyst

Analista de Vídeo e Analista de Jogo – Que diferenças?

O futebol está cada vez mais competitivo e a maioria das equipas utiliza os mesmos métodos e ferramentas na sua preparação. Recolher estatística, gravar os jogos e fazer análises de vídeo são hoje em dia tarefas bastante comuns, mas muitas equipas ainda utilizam um Analista de Vídeo em vez de um Analista de Jogo. É de realçar que a maioria das equipas já tem uma pessoa especializada que executa estas tarefas; mas será um Analista de Vídeo ou um Analista de Jogo?

Um Analista de Vídeo identifica os momentos básicos do jogo e divide o vídeo em partes de acordo com o que lhe foi pedido pela equipa técnica. Normalmente, este tipo de analista não participa nas reuniões técnicas nem tem qualquer influência no planeamento das sessões de treino ou do modelo de jogo. Um Analista de Jogo vai muito além do Analista de Vídeo. Para além de cortar o vídeo, também procura padrões de jogo, identifica os pontos fortes e fracos da equipa e do adversário e elabora um relatório com vários factos e vídeos, onde está incluída a sua interpretação qualitativa e algumas recomendações ao treinador. Normalmente, o Analista de Jogo integra as principais reuniões técnicas e contribui tanto para o planeamento das sessões de treino como para o desenvolvimento do modelo de jogo.

Analisar o jogo está a tornar-se uma tarefa cada vez mais importante; é uma fonte vital de informação e conhecimento e potencia uma melhor preparação dos jogos e treinos. Na Videobserver, acreditamos firmemente que as equipas técnicas devem incluir nos seus quadros um Analista de Jogo em vez de um Analista de Vídeo, já que os primeiros adicionam mais valor e influenciam directamente o rendimento da equipa.

Para realizar uma boa análise de jogo, é necessário que se compreendam os diferentes momentos do jogo, as estratégias e tácticas, os comportamentos individuais e colectivos e outro tipo de variáveis relacionadas com o rendimento das equipas. É fundamental que os profissionais desta área tenham um conhecimento profundo de futebol e saibam o que observar e como o fazer. Por outro lado, procura-se que prestem atenção aos detalhes e saibam identificar padrões de jogo. Este tipo de capacidades necessitam de ser treinadas e desenvolvidas, e é importante que as Federações, Associações e Clubes promovam formação nesta área, sendo fulcral não só para os analistas de futebol como também para os treinadores e outro tipo de staff técnico, já que promove um maior conhecimento do jogo entre todos os agentes desportivos.

Na Videobserver seguimos a escola de treino e de análise de jogo Portuguesas, considerada hoje em dia como a melhor do mundo. Um pequeno país como Portugal, com a mesma população que Paris, teve nos últimos anos mais treinadores na Liga dos Campeões (a elite da Europa) do que qualquer outro país, tendo actualmente mais de 400 treinadores registados a trabalhar fora do país. A Selecção Nacional e os principais clubes Portugueses competem ao mais alto nível, e clubes como Benfica e Porto têm presença regular nas fases finais da Liga dos Campeões apesar das discrepâncias económicas quando comparados com outros clubes Europeus.

Todo este sucesso não foi alcançado por acaso. Tudo começou nos anos 90 quando a periodização táctica de Vítor Frade começou a ser adoptada no futebol Português. Os clubes reconheceram o valor da ciência do desporto e estreitaram ligações com Universidades de Desporto, incorporado vários doutorados em Desporto nas suas equipas técnicas. A Federação Portuguesa também começou a incluir tecnologia, táctica e análise de jogo nos seus cursos de Licença UEFA, reforçando a importância desta componente ao longo do tempo.

Acreditamos que o futebol necessita de Analistas e de pessoas que compreendam o jogo. Tendo isto em conta, começámos a organizar cursos de Certificação de Análise de Jogo e nos últimos anos realizámos cursos em Portugal, Brasil, Itália, Qatar, China e Espanha, formando mais de 200 analistas de 15 nacionalidades diferentes. A nossa missão é desenvolver um melhor conhecimento e entendimento do jogo, aumentar a qualidade do trabalho dos Analistas e consequentemente permitir que alcancem melhores posições profissionais. Os nossos cursos têm uma componente prática muito forte, orientados para pequenos grupos de 20 a 40 formandos e sempre leccionados por especialistas como Jorge Castelo, Daniel Barreira, Rui Oliveira ou Gianvito Piglionica.

Procuramos estabelecer ligação com Federações, Associações, Clubes e outros interessados em desenvolver o conhecimento nesta área, que tenham a capacidade de organizar e promover cursos de Análise de Jogo com o selo de qualidade Videobserver.

Contacte-nos para mais informações: www.videobserver.com 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *