Skip to main content
Rui Oliveira

A opinião de Rui Oliveira

Por Favor, deixem jogar os miúdos!

(parte 2)

Aos dirigentes, que têm um papel importantíssimo na evolução do futebol e dos futebolistas, cabe também a função de perceber a necessidade de serem respeitadas as diferentes etapas de crescimento dos jogadores, criando as condições necessárias para que os treinadores possam desempenhar correctamente as suas funções sem estarem constantemente preocupados em vencer os seus jogos para que possam manter o seu emprego; ao invés, os treinadores devem estar apenas focados em proporcionar aos seus jovens as melhores condições e espaço para que estes se possam desenvolver de uma forma equilibrada e integral.

Hoje em dia, valorizamos muito os clubes que ganham alguns jogos ou que ficam nos primeiros 5 lugares dos respectivos campeonatos distritais, mas é também fundamental valorizar o trabalho dos clubes formadores que vão desenvolvendo os seus jovens para que estes possam um dia brilhar nos clubes de maior expressão e evoluir ao lado dos melhores jogadores, possibilitando ainda que os jovens com maiores capacidades venham a jogar nas suas respectivas selecções nacionais.

Para os pais/encarregados de educação, também uma mensagem importante:

  • Não pensem nos vossos filhos como “barras de ouro” ou “fundos de poupança reforma”. Os vossos filhos serão aquilo que puderem vir a ser, e quanto mais não seja, serão bons espectadores do fenómeno desportivo, respeitadores do espectáculo e defensores da ética;
  • Ajudem, positivamente, os vossos educandos, quando os treinos ou as competições não lhes correrem bem;
  • Sejam espectadores respeitadores e apreciem as habilidades de todos os jovens em campo, já que os vossos educandos também jogam e não jogam sozinhos. Aplaudam, não assobiem, não insultem e percebam o papel difícil da arbitragem;
  • Não dêem instruções, muitas vezes contraditórias às do treinador, o que só criará conflitos interiores aos vossos educandos e perturbará, claramente, a sua capacidade de decisão;
  • Os pais também jogam! Jogam por fora, na forma como incentivam e se interessam pela actividade dos seus filhos!

Por favor… deixem jogar os miúdos!!!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Rui Oliveira

Rui Oliveira

Co-founder of Player-rate (www.player-rate.com) – Consulting. Is one of the most respected teachers in Portugal. With UEFA B coaching license and a post-graduation in Youth Training, Rui Oliveira has worked as a coach from grassroots to senior team of SL Benfica, during 19 years, also as a Technical Coordinator of youth and Coordinator of the prospecting department. Is a member of the Youth and non-professional committee of the Portuguese Football Federation since 2012. Co-fundador do Player-rate (www.player-rate.com) – Consultoria. É um dos professores mais respeitados em Portugal. Tem a licença UEFA B e uma pós-graduação em Treino de jovens. Rui Oliveira trabalhou durante 19 anos como treinador em todas as camadas jovens e nos séniores do SL Benfica, bem como Coordenador técnico da formação e Coordenador do Departamento de Prospecção. Desde 2012 é membro da Comissão para o Futebol jovem e não profissional.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *